Notícia

07/01/2016 09h28

Café Empreendedor: E aí, vamos empreender?

Programa Café Empreendedor é um espaço para debater o empreendedorismo e conhecer histórias de pessoas que apostam nos seus sonhos

Por Leandro Knepper

logo
Cafeempreendedor

Certamente você já ouviu falar sobre o Programa Café Empreendedor, que vai ao ar de segunda à sexta feira, das 11h15min às 11h30min, e aos sábados das 10h às 11h pela Rádio Cultura 1320AM, certo? O programa tem como foco temas voltado ao Empreendedorismo, Gestão e Negócios e busca apoiar pequenos empresários, bem como estimular novos empreendedores.

Acreditamos que um melhor futuro para o nosso país passa pelo empreendedorismo. Aquele modelo que as gerações anteriores vivenciaram com êxito, no qual bastava concluir a faculdade com boas notas para ter a garantia de um bom emprego, não existe mais. O acesso ao ensino superior vem sendo ampliado, o que implica que ter um diploma acadêmico por si só não consiste mais em um diferencial. As oportunidades de emprego também não são mais tão frequentes, e muitos ficam paralisados na tentativa de encontrar um emprego em vez de criar sua própria colocação e impactar a sociedade de uma forma diferente.

Paralelamente, nossas vivências tem nos mostrado que muitos jovens estão buscando criar suas próprias oportunidades, abrirem negócios, seguirem rumos diferentes do convencional. Infelizmente, além os desafios inerentes ao fazer diferente, um em especial soma-se a essa conta: a pressão por parte de familiares e amigos para uma trajetória padrão. Por que educamos nossos jovens para passar em um concurso público? Por que cobramos deles que tenham um vínculo empregatício com carteira assinada? Por que desencorajamos os sonhadores de concretizar empreendimentos? 

Enquanto buscamos estimular os jovens a procurar segurança e estabilidade, corajosos estão se aventurando e mudando o rumo das suas trajetórias, como o caso do empreendedor de Florianópolis que se tornou milionário vendendo pipocas. Um dos maiores empresários do país abriu uma escola de inglês sem saber falar inglês e utilizando dinheiro do cheque especial na década de 90, e hoje está no rol dos bilionários brasileiros. O mundo mudou. As formas de realização pessoal mudaram. Os critérios para definir o que é ser bem sucedido transformaram-se.

Essa mensagem também não é uma crítica aos que realmente buscam uma trajetória profissional como empregados. As aptidões e habilidades de cada um são distintas, e por isso algumas pessoas certamente não alcançariam êxito (emocional e financeiro) se fossem proprietárias de um empreendimento. Nosso propósito, através do programa de rádio e dos conteúdos que geramos, é estimular aquele que não está indo atrás dos seus objetivos por estar engessado por padrões sociais que não refletem os seus anseios. E nesse sentido, fica um pedido. Se você conhece alguma pessoa que está buscando algo diferente, não seja um desencorajador. O país precisa de empreendedores e os empreendedores podem efetivamente protagonizar uma transformação sem limites para nossa nação.

Érica Martins
Jean Quadro
Leandro Knepper
leandro@radioculturapelotas.com.br
Samuel Ongaratto
www.facebook.com/programacafeempreendedor

 

X